Como é o Processo

Para se tornar um Facilitador do Método Omrom basta seguir os seguintes passos:

Este é um processo que demanda pelo menos um ano para que o candidato se prepare física, energética e espiritualmente.

Porque Tantas Exigências?

Cura Quântica Estelar: para ter a sua conexão com Mentor pessoal, Hierarquias, reintegração ao Comando Estelar e Comando Santa Esmeralda. É obrigatório ter os conhecimentos como terapeuta de CQE.

Método Ascencional Melchizedeck e Voronandeck 1: para saber como acessar e se conectar com seus corpos superiores, se alinhar, quebrar contratos de submissão religiosa e realizar todo o trabalho individual antes de querer ensinar alguém a fazer esse processo.

Módulo Orixá Reiki 1: para saber como se proteger, aprender sobre os Orixás, saber o que é e quais as funções dos Exus, Pombagiras, Caboclos, Caciques, Hierarquias Terrestres para poder explicar isso tudo para os alunos.

Método Omrom I com Marcelo Souza e Eliana Rocca:
Este é o curso utilizado como modelo para os novos padrões.
É necessário que o candidato participe deste curso para saber do que se trata, como é ministrado e a dinâmica de perguntas e expectativa dos alunos. Com isso você terá a oportunidade de analisar melhor se é isso mesmo que deseja fazer.

Ressintonização: para estar em acordo com a frequência atualizada do Comando Estelar, Comando Santa Esmeralda, Aliança Galáctica e aos templos sutis.
Exigido somente para os candidatos sintonizados na CQE até 2014.

Atender por 2 anos com CQE:
Após a sintonização na CQE, o aluno passa a ser monitorado pelas Equipes do Comando Santa Esmeralda e quando começa a utilizar as ferramentas, trabalhando com a técnica, passa a receber orientações extrafísicas como “estagiário”. Este processo leva cerca de 2 anos e após esse período o aluno passa a exercer efetivamente as suas funções terapêuticas.
Este é também um período importante para que o Terapeuta tenha experiência própria em atendimento e saiba como a energia funciona através das Equipes Espirituais nos atendimentos para poder explicar para suas turmas.

O Exame Online: vai proporcionar a avaliação dos conhecimentos do candidato, tanto para a equipe de treinamento como para o próprio candidato. Isso ajuda a identificar em quais áreas o candidato está deficiente e precisa estudar mais profundamente.

O Treinamento para Facilitadores do Método Omrom vai ajudar na formatação, didática e estabelecer o padrão de aula e qualidade dos cursos ministrados por todos os Facilitadores.